Para comer menos imagine que comeu mais

Quando você está com vontade de comer sorvete o que faz? Finge que não é com você e come uma maçã mas a vontade não passa e acaba comprando um sorvete gigante com 5 bolas e comendo tudo? Compra uma bola apenas e pensa que deveria ter comprado 3?

Um estudo da Universidade Carnegie Mellon, liderado pelo psicólogo Carey Morewedge descobriu que se você imaginar que já comeu muito terá menos vontade de se empanturrar. Você não precisa fugir dos desejos, m as antes de ceder a ele faça um exercício de habituação. Está com vontade de comer sorvete? Imagine-se comendo todo o sorvete que quiser, tanto sorvete que até enjoa com a alta quantidade de açúcar. De acordo com o pesquisador, fazendo isso o apetite é reduzido, pois o cérebro é enganado.

Os pesquisadores fizeram o seguinte. Ofereceram chocolates do tipo M&Ms e cubos de queijo para 51 estudantes de graduação. Em um experimento, os participantes primeiramente imaginaram estar consumindo 30 M&Ms. O segundo grupo imaginou-se consumindo 3 M&Ms. Depois, todos puderam escolher o que de fato comeriam. Os que imaginaram-se comendo mais balas comeram, em média, 3 M&Ms. Os que imaginaram-se comendo menos, ingeriram, em média, 5 M&Ms. Depois repetiram o mesmo com queijo. Quem imaginou-se comendo muito queijo, ao final comeram menos do que quem imaginou-se comendo pouco. De acordo com os participantes, imaginar não reduziu o quanto gostam de um alimento particular, mas diminuiu a vontade de ir atrás do alimento (Morewedge, Huh, & Vosgerau, 2010).

Será que isso funcionaria para você? Tente ao invés de fingir que não tem vontade de comer algo, primeiro imaginar-se comendo bastante e diga-me o que aconteceu. E pare de pensar que tudo lhe fará mal. Muito açúcar lhe fará mal a longo prazo mas comer um pouquinho, provavelmente não (a não ser que seja diabético). O mesmo vale para as frutas. Coma-as em paz! De novo, o problema é a quantidade. Se está comendo uma caixa inteira de uvas de uma vez, antes de atacar imagine que já comeu bastante e reduza a quantidade.

Mais importante do que reduzir frutas é reduzir os sucos e a quantidade de alimentos ultraprocessados 🍰🍪🍩. Para quem quer emagrecer comer fruta é super importante. Em um estudo, um grupo de pacientes foi submetido a uma dieta de restrição energética que continha frutas e outro grupo submetido ao mesmo valor energético, mas sem frutas. Qual o grupo que mais emagreceu? O que comeu frutas (Madero et al., 2011). As mesmas possuem fibras, vitaminas e fitoquímicos antiinflamatórios, que regulam o metabolismo e reduzem a compulsão alimentar. A Organização Mundial de Saúde preconiza o consumo de 3 a 5 porções de frutas ao dia. Então, se além de emagrecer, você quer ser uma pessoa saudável, não exclua as frutas da sua alimentação.

Participe do grupo de emagrecimento online e receba dicas diárias pelo Telegram.

Compartilhe e ajude este trabalho a continuar.
Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/