Substituir o arroz branco pelo integral reduz o risco de diabetes em 16%

O alto consumo de carboidratos simples, como pães, massas, bolos, doces e arroz branco associa-se ao aumento do risco de diabetes. No Brasil, o arroz costuma entrar diariamente no prato. Por isso, uma boa estratégia para manter a saúde por mais tempo é a substituição do arroz branco pelo integral. Esta simples mudança é capaz de reduzir o risco de diabetes em até 16% (Hu et al., 2012). Outra forma de diminuir o dano é adicionar açafrão e pimenta na comida. Estas especiarias diminuem a inflamação e possuem propriedades antidiabéticas.

Em outro estudos, mulheres obesas foram divididas em dois grupos. O primeiro consumiu arroz branco e o segundo arroz integral. Após 6 semanas, as mulheres do segundo grupo obtiveram maior perda de peso, especialmente ao redor da cintura e dos quadris. A pressão sanguínea também baixou e o corpo ficou menos inflamado (Kazemzadeh et al., 2014).

Muitas pessoas acreditam que durante o processo de emagrecimento não podem comer arroz. Mas claro que podem. Basta que a quantidade de carboidrato fique dentro da recomendada para você. Além disso, as melhores opções são aquelas com mais fibras como arroz integral, negro e vermelho. Você também pode adicionar outros ingredientes ao arroz para que a quantidade final consumida seja menor. Por exemplo, misture ao arroz integral já cozido, tomate picado, cogumelos picados, cebolinha, pimenta e açafrão. O arroz também poderia ser misturado à couve-flor e/ou brócolis bem picados ou à quinoa cozida.

Compartilhe e ajude este trabalho a continuar.
Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/