Benefícios das bagas para a saúde

canstockphoto23317980-965x580.jpg

Bagas são frutos carnudos simples, no qual a parede do ovário amadurece em um fruto delicioso. Apesar de existirem variedades venenosas existem muitas bagas comestíveis como morango, amora, framboesa, mirtilo, goji berry e açaí. Todas as bagas são ótimas fontes de fibra, um nutriente importante para um sistema digestivo saudável.

As cores destes frutos costumam ser fortes e brilhantes devido a alta quantidade de pigmentos naturais com propriedades medicinais. Tais pigmentos possuem propriedades antioxidantes varrendo radicais livres e prevenindo contra doenças relacionadas ao envelhecimento.

O consumo de 1 xícara de bagas pode melhorar a performance cognitiva (White; Schafer; & Williams, 2016), o humor (Khalid et al., 2017). Frutos roxos são importantes fontes de antocianinas, responsáveis pela proteção do cérebro e melhoria da memória. Framboesas contêm ácido elágico, um composto com propriedades anti-cancerígenas.

Em um estudo com 72 pessoas de meia-idade publicado recentemente no American Journal of Clinical Nutrition, comer pouco menos de uma xícara de bagas por dia durante oito semanas foi associado a níveis elevados de colesterol HDL “bom” e redução da pressão arterial (Erlund et al., 2008).

Os polifenóis encontrados nas bagas também ajudam a preservar a densidade óssea após a menopausa (Hubert et al., 2014). Após a menopausa, quando os níveis de estrogênio caem, a perda óssea supera a formação óssea, aumentando o risco de desenvolvimento da osteoporose. Os polifenóis reduzem a perda óssea, mantendo o esqueleto saudável durante o processo de envelhecimento.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!
Tags