Estratégias para combater o supercrescimento da cândida (fungo)

Meu sogro adora picles. Eu e meu marido não curtimos mas consumimos outros alimentos fermentados como iogurte, kefir ou kombucha. Estes alimentos possuem bactérias probióticas, que protegem o corpo de várias formas. Minimizam por exemplo o crescimento de fungos, como a cândida.

A cândida é um tipo de levedura comum no corpo, especialmente na boca e intestinos. Contudo, seu crescimento exagerado pode causar problemas de saúde como:

  • Alergias, sensibilidades e intolerâncias;

  • Asma;

  • Maior sensibilidade a alérgenos típicos, como perfumes, fumaça, odores, animais de estimação, poeira, mofo, pólen e outras substâncias presentes no ar.

  • Crescimento de fungos nos pés ou unhas;

  • Redução da temperatura corporal, especialmente nos pés e mãos;

  • Problemas digestivos, como constipação, inchaço abdominal ou dor, refluxo ácido e gases;

  • Zumbidos nos ouvidos e aumento do acúmulo de cera;

  • Cansaço, fadiga crônica e sensação geral de baixa vitalidade;

  • Inchaço das glândulas salivares;

  • Secura na boca ou língua com uma capa branca;

  • Coceira no couro cabeludo;

  • Perda de cabelo mais acentuada;

  • Dores de cabeça, enxaquecas, tontura.

  • Rigidez articular, inchaço ou dor.

  • Eczema;

  • Língua branca;

  • Problemas de sono.

Estes sintomas podem ser confundidos com outros problemas de saúde e o tratamento inadequado perpetua o supercrescimento da cândida. Um dos principais culpados pela candidíase é o uso de antibióticos. Outras causas incluem dieta inadequada, com baixo consumo de bactérias boas e fibras (que alimentam essas bactérias boas.

Abaixo veremos como combater a cândida:

IMG_20190406_114500.jpg
  • Consuma alimentos com propriedades antifúngicas como alho, cebola, óleo de coco, gengibre, algas, sementes de abóbora, sementes de mamão, açafrão e canela.

  • Reduza o consumo de alimentos ricos em açúcares pois estes estimulam o crescimento da cândida.

  • Pratique atividade física, yoga ou meditação para reduzir o estresse. O estresse aumenta a produção de cortisol, desequilibra o pH intestinal e favorece o supercrescimento da cândida.

  • Fortaleça o sistema imune consumindo mais frutas cítricas, abacate, clorela e nozes.

  • Aumente o consumo de probióticos (leite fermentado, kefir, missô, tempeh, iogurte, kombucha, chucrute, picles ou suplementos).

Conheça o kombucha

kombucha.png

O kombucha é uma bebida refrescante, produzido a partir da fermentação do chá preto. Possui propriedades antimicrobianas, antioxidantes e antidiabéticas (Bhattacharya et al., 2018; Zuibadah et al., 2019).

Eu compro a bebida pronta, mas se não achar você pode cultivar o kombucha em casa, a partir de uma cultura mãe (matriz), chá preto ou chá verde e açúcar (que será fermentado e desaparecerá). Ferva 250 ml de água e acrescente a ela 1/2 xícara de chá de açúcar. Mexa até dissolver. Junte folhas de chá verde e ferva por 2 minutos. Depois, desligue a panela e deixe descansar por 15 minutos. Coe o líquido e coloque o conteúdo em um vidro, com mais 1,8L de água e 1 panqueca de kombucha. Tampe o vidro e deixe-o em um ambiente morno. Você pode envolver o vidro com jornal ou com um pano se a sua casa for fria. A matriz de kombucha é conseguida a partir de doação.

Compartilhe e ajude este trabalho a continuar.
Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/