Como diminuir a barriga?

A obesidade tem consequências associadas à saúde bem conhecidas, como aumento do risco de diabetes, doenças cardiovasculares, câncer e das mortes prematuras. Estudos mostram uma transição epidemiológica em todo mundo, com redução do baixo peso e aumento do excesso de peso na maior parte dos países. Atualmente mais de 35% dos adultos do mundo e mais de 20% das crianças no mundo todo estão acima do peso ideal.

Estudo realizado no Estado de Pernambuco, no Brasil, mostrou que, dos 1.580 indivíduos avaliados 51,9% tinham obesidade abdominal (PInho et al., 2013). O aumento da quantidade de gordura na região abdominal é considerado um fator de risco independente para várias doenças. Estudo publicado recentemente em Portugal, mostrou que a prevalência nacional de obesidade abdominal em adultos é de 50,5%, sendo ainda mais preocupante entre idosos (80,2%) (Oliveira et al., 2018).

Screen Shot 2018-12-17 at 4.02.25 PM.png

Para reduzir a quantidade de gordura abdominal é importante adotar uma dieta de baixo índice glicêmico. Batata frita, alimentos feitos com farinha de trigo, pães, bolachas, refrigerantes, sucos têm, em geral, o índice glicêmico superior a 50. Estes alimentos estimulam a liberação de insulina e o estoque de gordura na região abdominal.

Converse com um nutricionista e equilibre melhor o consumo de gorduras boas (azeite, abacate, peixes gordos, castanhas, sementes), proteínas de alta qualidade e vegetais de baixo índice glicêmico como cenoura, soja, aspargo, brócolis, couve, repolho, couve-flor, pepino, salsão, berinjela, cogumelos, tomate, abobrinha, alface, espinafre, cereja, feijão, lentilha, grão de bico, leite de soja e batata doce.

É fundamental trocar produtos ultraprocessados por comida in natura, de verdade. Troque alimentos prontos, congelados por versões saudáveis, preferencialmente feitos em casa. Tire os doces, os produtos da padaria e da confeitaria do cardápio por um tempo e verá muita diferença na quantidade de gordura acumulada na região abdominal.

Hidrate-se bem. As células precisam de água para conseguir queimar gordura. Você pode adicionar à água limão, pimenta, açafrão, gengibre, alimentos com propriedades termogênicas. Outra opção de bebida termogênica é o chá, que pode ser bebido quente ou gelado. Você pode variar entre chá verde, chá branco, chá de hibiscus, chá de canela, chá de cravo, chá de gengibre ou misturas destes.

Não passe fome. Não adianta restringir muito em um dia e exagerar no outro. A constância é muito importante. Reeduque-se e mantenha a alimentação saudável sempre. Para não voltar a engordar faça também a atividade física de sua preferência. Ganhar músculos ajuda a manter o metabolismo mais acelerado.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/