Será mesmo déficit de atenção?

Irritabilidade, impulsividade, alteração de humor, raiva, hiperatividade, inquietação, dor de cabeça, fadiga. Tem tudo pra ser transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH). Mas nem sempre é! Por exemplo, estes sintomas também são comuns em crianças anêmicas. Por isso, antes do diagnóstico final é importante a avaliação hematológica, incluindo os níveis de ferritina.
Lembre que as pessoas são muito diferentes. Enquanto algumas pessoas precisam de mais ferro nas veias para funcionar bem, outras precisam de menos.

Por exemplo, o valor de 19 ng/ml pode ser normal de acordo com os laboratórios (que consideram adequado entre 10 e 143 ng/ml). Porém, muitas pessoas só funcionam bem mesmo quando os níveis estão entre 70 e 120 ng/ml. Antes do uso de medicamento para TDAH que tal suplementar ferro? Se este for o problema os sintomas sumirão dentro de 40 a 90 dias. É claro, o mineral ferro não é a solução para tudo e também não deve ser administrado antes do resultado dos exames. Nem sem acompanhamento médico e nutricional. Afinal, ferro em excesso também faz mal! Aprenda mais:

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!
Tags ,