Gatilhos e tratamento da artrite reumatóide

Gatilhos artrite.jpg

A artrite reumatoide (AR) é uma doença crônica autoimune caracterizada pela inflamação frequente das articulações. Pode provocar deformidades nas juntas e afetar também outros tecidos e órgãos.

Afeta entre 1 e 4% da população adulta, principalmente a partir dos 40 anos. Entre os gatilhos ambientais encontram-se as infecções, tabagismo, alergias alimentares, exposição a toxinas, traumatismos físicos e estresse crônicos. 

Pacientes em crise beneficiam-se com o uso de medicamentos, yoga e alimentação antiinflamatória. A atividade física também é muito importante, pois beneficia a saúde como um todo, melhora a flexibilidade e dá aos pacientes a oportunidade de fazerem atividades divertidas.

As articulações danificadas pela artrite reumatóide não se movem com a mesma facilidade ou com o mesmo grau (amplitude de movimento) das articulações saudáveis. Isso torna os exercícios de alongamento, importantes para as pessoas com AR. Tai chi, Qigong (Chi Kung), pilates e Yoga estão entre as possibilidades de atividades. 

A artrite reumatóide também pode causar problemas com a marcha e o equilíbrio, deixando os acometidos mais vulneráveis a tropeções e quedas. Novamente o yoga é muito bom. Além disso, um fisioterapeuta pode recomendar exercícios de treinamento de equilíbrio individualizados. 

Saiba mais no vídeo:

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!
Tags