Óxido nítrico previne a deterioração cognitiva

Hoje mais cedo divulguei um artigo sobre a importância do óxido nítrico (ON) para a performance esportiva. Mas sabia que o ON também ajuda a proteger o cérebro? Pois é!

Untitled.jpg

O óxido nítrico um gás solúvel, produzido pelas células dos vasos sanguíneos, pelos macrófagos (células de defesa) e por neurônios no cérebro. O endotélio (a fina camada de células dentro dos vasos sanguíneos) usa o óxido nítrico para fazer veias e artérias dilatarem-se. Com isso, o fluxo sanguíneo aumenta e mais nutrientes e oxigênio chegam aos tecidos.

Já os macrófagos, células do sistema imune, utilizam o óxido nítrico para matar bactérias. Por sua vez, no cérebro, o ON age como neurotransmissor e parece estar envolvido na fixação das memórias.

O problema é que conforme vamos envelhecendo o fluxo sanguíneo no cérebro diminui. Por isso, é muito importante estimular a produção de óxido nítrico. Podemos fazer isso aumentando o consumo de alimentos fonte de nitratos, compostos que fazem as células produzirem mais ON. Beterraba, rúcula, espinafre, alface, repolho, rabanete, nabo, feijão verde, alho-poró são boas fontes de nitratos para ter sempre no cardápio.

Aprenda mais sobre nutrição:

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!
Tags