Falta de sono e psicose

O sono tem um grande impacto na saúde física e mental. A privação do sono tem um impacto direto na capacidade do cérebro de funcionar. O córtex pré-frontal e a amígdala são partes do cérebro que ajudam a regular as emoções e, sem dormir o suficiente, a conectividade entre essas partes é prejudicada. 

O sono também é importante para a regulação hormonal, do apetite e do metabolismo energético. É por isto que pessoas que dormem pouco têm maior probabilidade de se tornarem obesas. Em crianças e adolescentes cada hora adicional de sono reduz a probabilidade de obesidade em 30%.

Sim, nossas mães tinham razão em nos mandar cedo para a cama. Mas quão cedo? Tudo depende da idade e da hora que a criança acorda, como mostrado na tabela abaixo.

Screen Shot 2018-08-17 at 9.34.22 AM.png

Estes horários podem ser difíceis de seguir dependendo da sua programação. Mas em geral, crianças de 1 a 2 anos precisam de 11 a 14 horas de sono por dia. Defina as regras e mantenha a rotina da noite. Crianças de 3 a 5 anos precisam de 11 a 13 horas de sono por noite. Pequenos tem a imaginação ativa, podem sofrer com pesadelos ou sonâmbulismo. Por isso, crie uma rotina relaxante para as noites.

Entre os 6 e os 13 anos recomenda-se entre 9 e 11 horas de sono por noite. Controle as mídias sociais. Adolescentes também precisam dormir bem. Dormir pouco não é um sinal de motivação, ambição e conquista, como muitos pensam. Quem dorme bem não é preguiçoso ou indolente.

Adultos querem parecer ocupados, vivem reclamando da correria mas quanto menos dormem, na verdade menos produtivos ficam. A falta de sono também aumenta o risco de delírios e alucinações. Quando deixamos de dormir começamos a sonhar acordados. Estudos mostram que o cérebro de quem passa noites sem dormir entra em um estado que facilitam o desenvolvimento da psicose. Economizar no sono é uma maneira infalível de perder o controle emocional, tornar-se mais instável emocionalmente. A falta de sono também causa desequilíbrios imunes e endócrinos, aumentando o risco de de várias doenças como diabetes, câncer, doenças circulatórias, síndrome do intestino irritável e aumento da  gravidade no caso de alergias alimentares.

Quer dormir melhor? Adote um estilo de vida mais saudável! Sedentarismo, Falta de minerais, vitaminas, excesso de calorias pioram o sono, assim como o consumo excessivo de cafeína durante o dia. Escureça o quarto, desligue o computador e o celular e bons sonhos!

Compartilhe se achou interessante.
Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!
Tags