Whey protein para ganho de massa magra: prós e contras

Screen Shot 2018-12-12 at 8.36.19 AM.png

Outro dia estava com vontade de um docinho. Acabei usando coisas que haviam em casa para fazer um mousse. Na despensa encontrei figo desidratado, tâmaras, aveia, castanha do Brasil (Pará), banana e coco desidratado. Hidratei os figos e as tâmaras e depois bati no liquidificador com os demais ingredientes. Ao final coloquei 1/2 scoop de whey protein. Dava para fazer o mousse sem whey? Com certeza. Vale a pena usar o whey? Depende!

Eu sou vegetariana (não como carne, peixe, frango, porco…). Mas como ovos e iogurte (às vezes). Tem dias que minha dieta fica mais pobre em proteína e acabo usando um extrato vegetal (como ervilha, lentilha, grão de bico), ou o whey para complementar. O whey protein é um concentrado rico em proteínas de alto valor biológico, com altas doses de aminoácidos de cadeia ramificada (BCAA), importantes para a manutenção da massa muscular durante o emagrecimento e importantes também para a hipertrofia. Agora, se você já se acaba nos churrascos, tomar whey não trará benefício adicional algum. Neste caso, o que fará a diferença para o ganho de massa magra será o treino adequado.

Muita gente gosta do whey misturado na água. Eu particularmente acho horrível. Por isso, em geral, acabo consumo quando faço uma sobremesa como essa ou quando não tenho tempo mesmo para cozinhar comida de verdade. Mas é raro, afinal, cozinhar um ovo não dá trabalho algum e é muito mais gostoso do que whey protein (pelo menos para meu paladar).

Quer saber mais sobre o whey? Confira o vídeo:

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/