Yoga para um envelhecimento físico e mental saudável

O envelhecimento da população mundial gera muitos desafios do ponto de vista da saúde pública, principalmente em decorrência do aumento do risco de doenças crônicas e de incapacitação. A atividade física desempenha um importante papel na redução destes riscos. Contudo, uma quantidade enorme de pessoas são sedentárias.

No Brasil, 71,2% dos idosos (pessoas com 65 anos ou mais) não alcançam um nível suficiente de prática de atividade física. Na Europa a população idosa portuguesa é a que menos se mexe. O sedentarismo aumenta o risco de obesidade e de doenças como diabetes e problemas cardíacos.

O envelhecimento também pode ser acompanhado de episódios de depressão. A prática de yoga é uma alternativa por ser uma filosofia que trabalha corpo e mente, incluindo uma combinações de posturas físicas (ásanas), com respiração focada e práticas meditativas.

Estudos mostram que a prática de yoga pode melhorar a força física, a flexibilidade, o equilíbrio, a motilidade e o humor, contribuindo para um envelhecimento saudável. Para Tulloch e colaboradores, 2018 profissionais de saúde podem recomendar a prática de yoga de forma segura. Mais pesquisas são necessárias para identificar a frequência ótima, tipo e intensidade que maximizem o bem estar físico e mental neste grupo.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/