YoGABA: efetividade no tratamento da depressão leve

Diversas medicamentações antidepressivas tentam corrigir desequilíbrios na produção dos neurotransmissores serotonina e a dopamina. Contudo, muitas pessoas não tiram proveito destas medicamentações. Isto porque não afetam a produção de outro neurotransmissor - o GABA (ácido gama-aminobutírico).

Não é fácil encontrar a felicidade em nós mesmos, mas é impossível encontrá-la em outro lugar
— Agnes Repplier

GABA e seus receptors estão envolvidos em muitas funções do cérebro. Os Desequilíbrios em GABA igualmente afetam pessoas com transtorno bipolar, esquizofrenia, ansiedade e depressão (Streeter et al., 2007). Isto porque o GABA permite o ajuste de pensamentos, emoções e comportamentos.

Ensaios clínicos controlados demonstrando a eficácia da prática de yoga para o tratamento da depressão leve. Isto se dá justamente porque as técnicas relaxam e aumentam o GABA no cérebro em até 27% (Streeter et al., 2010). O aumento do GABA faz a ansiedade baixar (Craft e Perna, 2004), sendo uma ótima opção não medicamentosa para o tratamento da depressão leve.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/