Estilo de vida saudável e longevidade

Pesquisadores de Harvard realizaram um grande estudo acerca do impacto dos hábitos de saúde na esperança de vida. Analisando os dados de mais de 78.000 mulheres (acompanhadas entre 1980 e 2014) e mais de 40.000 homens (acompanhados de 1986 a 2014) ficou claro que cinco estratégias são fundamentais para redução do risco de morte prematura:

1. Dieta saudável, com quantidades adequadas de vegetais, frutas, nozes, grãos integrais, gorduras saudáveis ácidos graxos ômega-3 e baixo consumo de carne vermelha, carnes processadas, bebidas adoçadas, gordura trans e sódio.

2. Atividade física com intensidade moderada a vigorosa, por pelo menos 30 minutos diariamente.

3.  Manutenção do peso corporal saudável, com percentual de gordura adequado para idade.

4. Abstenção do tabagismo. Se você fuma, procure ajuda para parar pois não existe quantidade saudável para este hábito.

5. Baixo consumo de álcool, com não mais que 15g diárias para mulheres e não mais que 30g para homens.  

álcool.jpg

Hábitos saudáveis azem uma grande diferença na qualidade de vida e longevidade. Mudar apenas um dos hábitos já pode prolongar a vida em dois anos. Já a adoção dos cinco hábitos saudáveis prolongaram em  14 anos a vida das mulheres e em 12 anos a dos homens. Pessoas que não tinham nenhum dos cinco hábitos morreram prematuramente principalmente em decorrência de câncer ou doenças cardiovasculares.

 

Claro, as indústrias de alimentos processados, de álcool e cigarro, além da indústria farmacêutica acharam o estudo ridículo. Lógico! Para quem venderão salgadinhos de pacote, fast food e refrigerantes se todos decidirem seguir estas recomendações? Para quem venderão álcool e cigarro? E os remédios? Precisam vender remédio já que lucram às custas do seu bem estar.

Para saber mais: Li et al. (2018). Impact of Healthy Lifestyle Factors on Life Expectancies in the US Population. Circulation; 132(2). https://doi.org/10.1161/CIRCULATIONAHA.117.032047

Compartilhe se achou interessante.
Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/

Cuide-se

A tabela ao lado mostra a mortalidade atribuível aos dez principais fatores de risco em grupos de países das Américas . O sinergismo destes fatores de risco aumentam o risco de doenças cardiovasculares, câncer e diabetes. Por exemplo, o câncer de cólon e reto tem relação com sobrepeso e obesidade, inatividade física e baixo consumo de vegetais. Intervenções preventivas devem ser realizadas desde o início da vida reduzindo substancialmente a epidemia das doenças crônicas. Melhorias no estilo de vida ao longo da vida também são fundamentais e o melhor: a maior parte dos fatores de risco acima estão sob nosso controle. 

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/