Hipótese insulínica para a obesidade - o que as pesquisas dizem?

Em 2010, o jornalista norteamericano Gary Taubes publicou o livro “Why we get fat” (Por que engordamos?). O livro, que basicamente propõe o corte dos carboidratos para o emagrecimento, tornou-se um best seller internacional. Fez de Gary Taubes um homem rico e adorado pelos coaches de emagrecimento. Em virtude das críticas que recebeu fundou uma empresa que coletou mais de 40 milhões de dólares para avaliar cientificamente sua hipótese insulínica. O problema foi que a pesquisa não encontrou evidências de que a redução de carboidratos seja a solução para o emagrecimento.

Taubes defende a hipótese insulínica. Ou seja, você consome carboidratos, produz insulina, um hormônio anabólico que fará você engordar. Porém, nosso metabolismo é muito mais complicado do que isso. Nas bases da nutrição está o alimento in natura, que a natureza nos fornece. Estes alimentos possuem alta densidade de nutrientes e costumam ser extremamente antiinflamatórios. Já carboidratos simples, principalmente aqueles presentes em alimentos ultraprocessados, realmente são outra história. Para entender melhor assista o vídeo de hoje:

Compartilhe conhecimento.
Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/