Hipoglicemia como efeito colateral do uso de insulina - um teste genético pode ajudar

Pessoas diagnosticadas com diabetes tipo 1 geralmente possuem como tratamento de base a aplicação diária de várias doses de insulina. Porém, para alguns pacientes existe uma grande dificuldade de regular as quantidades de hormônio e, como consequência, sofrem com sintomas da hipoglicemia.

Esta dificuldade pode ser decorrente de mutações genéticas como a do gene HNF1A MODY.  Esta mutação é resultado da substituição de uma base T pela base C na posição 447 fazendo com que ao invés de prolina, o aminoácido leucina seja produzido.

hero_926588d2-bb6b-4549-9291-ae82e49d0cba.png

Pessoas com esta mutação são bastante sensíveis à baixas doses de sulfonilureias, o melhor tratamento neste caso, que deve ser feito em substituição à insulina. Este tipo de diabetes é denominado diabetes monogênico, mas a maioria dos pacientes é erroneamente diagnosticado como tendo diabetes tipo 1 ou 2 (que são poligênicos, ou seja, vários genes estão envolvidos no desenvolvimento destes tipos de diabetes).

Compartilhe se achou interessante.
Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!
Tags