Glutamina na saúde e na doença

Glutamine.png


A glutamina é o aminoácido livre mais abundante no plasma e no tecido muscular. É classificada como um aminoácido não essencial, uma vez que pode ser produzida pelo ser humano a partir de outros aminoácidos. São várias as suas funções como a proliferação e desenvolvimento de células, o balanço ácido básico, o transporte da amônia entre os tecidos, a doação de esqueletos de carbono para a gliconeogênese, a participação no sistema antioxidante e a melhoria da imunidade.

A glutamina está presente na dieta em alimentos origem animal e vegetal. Leite, clara do ovo, carnes, feijão, lentilha, ervilha, soja, espinafre, salsa, repolho e beterraba são fontes de glutamina. Em geral, as pessoas que beneficiam-se mais de suplementos são as que possuem baixa ingestão destes alimentos. Como a quantidade de glutamina nos alimentos de origem animal é bem superior em relação aos de origem vegetal, veganos que desejam ganhar músculos podem beneficiar-se da suplementação.

De fato, glutamina contribui com a síntese da arginina, aminoácido regulador da síntese proteica e o ganho de massa magra. Também participa da produção de óxido nítrico, um agente de sinalização com papel crucial na imunidade. Torna-se condicionalmente essencial durante determinadas doenças, quando as necessidades de glutamina superam a produção e distribuição para os tecidos que dela fazem uso.

Durante a doença, o músculo exporta grandes quantidades de glutamina para o sangue. Ao mesmo tempo, os tecidos que utilizam a glutamina (como intestino, rins e células imunológicas) aumentam a captação e metabolismo de forma acentuada.

A suplementação antes de uma cirurgia cardíaca parece reduzir complicações e danos do miocárdico (Chávez et al., 2017). A glutamina também reduz a mortalidade de pacientes hospitalizados com queimaduras graves. Quando não há possibilidade de ingestão de alimentos a suplementação enteral, por meio de sondas, pode também reduzir a incidência de infecções hospitalares e melhorar a saúde intestinal. Aprenda mais sobre a glutamina

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/