Medo de comida?

113245_Papel-de-Parede-Esqueceram-de-Mim-Home-Alone_1600x12003-610x3001.jpg

Estão chegando as festas. As próximas semanas serão cheias de reuniões. Espero que você possa estar perto das pessoas que ama, que os encontros sejam repletos de afeto e que você encontre a mesa farta.  Contudo, muita gente está em pânico. Recebi muitos emails nas últimas semanas com pessoas querendo marcar consultas de última hora para decidirem se vão comer, quanto irão comer, o que comerão. Estas épocas te dão felicidade ou pânico?

Um estudo da Universidade Cornell, nos Estados Unidos, avaliou a origem do medo da comida. Medo de comer algo errado, medo de engordar. Os estudiosos analisaram as origens destes medos e as possíveis soluções. Entrevistaram 1.008 mães e perguntaram questões acerca dos alimentos que são evitados e os motivos para tanto. 

mouldy-bread-fd002575.jpg

O medo dos alimentos não é algo recente. Viemos programados para rejeitar alimentos contaminados, com aparência e/ou aroma desagradáveis. Mas na pesquisa da Universidade de Cornell foi visto que as mães entrevistadas tinham mais medo quando liam informações da internet. Isto porque existe neste meio muita informação duvidosa, muita informação controversa e muita gente impondo regras e mais regras para seguirmos à mesa.

De fato, com a popularização da internet recebemos mais informações e nem todas são boas. Podemos ler sobre o perigo dos agrotóxicos, dos pesticidas, dos metais pesados, dos conservantes. Mas temos que ter cuidado com os medos irracionais. Separar os alimentos em bons e maus cria neuroses, desespero, tristeza, torna a dieta difícil e estressante. E faz as pessoas gastarem muito dinheiro desnecessariamente. No estudo, as mães que liam mais sobre alimentos bons e ruins na internet, tinham mais medo e compravam mais alimentos especiais, sem "ingredientes perigosos". 

O medo também faz com que muitas pessoas prejudiquem suas relações pessoais. Deixam de ir a eventos para não comerem algo que "não devem", ou que poderia ser prejudicial. Mas na verdade as doenças são causadas por anos de escolhas inadequadas. Passar o natal com a família ao redor de uma mesa bonita e preparada com amor não matará ninguém.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/