Medicamentos podem afetar o equilíbrio e aumentar o número de quedas

Medicações como antidepressivos, antiansiolíticos (para ansiedade), antihistamínicos prescritos para o alívio de alergias, antihipertensivos (para o controle da pressão), e outras drogas usadas para o tratamento da insônia, dor ou problemas cardíacos podem afetar o cérebro. Algumas pessoas sentem alterações na visão, outras tontura, sonolências, problemas de memória. Outras drogas afetam os ouvidos, o que acaba gerando vertigens e afetando o equilíbrio.

coclea-450x348.jpg

Dentro do ouvido, existem estruturas que contribuem para o equilíbrio. A cóclea (que "transforma" as ondas sonoras em impulsos nervosos que serão lidos pelo cérebro) e o vestíbulo ( responsável pelo equilíbrio) formam o labirinto. Quando estas estruturas são afetadas surge o desequilíbrio.

Nem sempre uma droga afeta o ouvido, mas a combinação de medicamentos pode tornar a pessoa mais vulnerável, especialmente com o envelhecimento.

Se estiver preocupado com seu equilíbrio converse sobre seus medicamentos com seu médico. Ele poderá revisar os tipos e dosagens. Nunca pare de tomar remédios importantes por conta própria. Além disso, faça exercícios para melhorar a atenção, memória e equilíbrio.

Vários estudos mostram que a prática regular de yoga ajuda a melhorar o equilíbrio (Boslego et al., 2017), melhorar a estabilidade postural (Jeter et al., 2015) e a mobilidade de idosos (Youkhana et al., 2016).  

A turma de formação de instrutores de yoga está com inscrições abertas. Saiba mais e junte-se a nós!

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/
Tags ,