Acne e câncer: qual é a relação?

A acne é uma doença da sociedade ocidental, moderna e industrializada. Por quê digo isso? Por que existem tribos indígenas no Brasil e em outros locais da América do Sul onde não se observa o fenômeno. O mesmo não é observado também em adolescentes de Okinawa no Japão. Já no Brasil recebo em meu consultório não só adolescentes mas também adultos com o problema.
De acordo com um grupo de pesquisadores alemães a dieta ocidental rica em laticínios, fast food, carnes e ovos aumenta a atividade da enzima mTorc1, contribuindo para a acne, para a obesidade e para a resistÊncia à insulina. Assim, de acordo com os autores, reduzir o estímulo do mTorc1 não só reduzirá a acne mas também o risco de uma série de doenças como obesidade, diabetes, câncer e mal de Alzheimer.  

Tratar a acne por meio da dieta te dá a oportunidade de se proteger contra outras doenças. Não basta só usar creminhos, higienizar bem a pele ou utilizar drogas como o roacutan. Procure um nutricionista e mude também o que come. Ele calculará a quantidade de proteína adequada para você e te orientará nas substituições que se fizerem necessárias. Se quiser começar sozinho, reduza (ou elimine de vez) o consumo de laticínios e aumente o consumo de frutas, verduras, sementes e leguminosas. Dê especial atenção aos alimentam que diminuem a ativação do mTorc1 como brócolis, chá verde, soja, açafrão, uvas, cebola, morangos, mirtilo, mangas e pepino. 

Artigos:

Acne: risk indicator for increased body mass index and insulin resistance. Link: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23975508 

Diet in acne: further evidence for the role of nutrient signalling in acne pathogenesis. Link: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/22419445

Milk is not just food but most likely a genetic transfection system activating mTORC1 signaling for postnatal growth. Link: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3725179/

Dietary intervention in acne. Link: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3408989/

Turning acne on/off via mTORC1. Link: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/23800069

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/
Tags ,

Acne: o pesadelo adolescente

Pesquisadores da Universidade de Oslo divulgaram estudo realizado com 3.775 adolescentes. O mesmo identificou a associação entre o alto consumo de chocolate, batata frita e o baixo consumo de vegetais com a acne, indicando que uma dieta com alto índice glicêmico poderia ser uma das causas do problema. Depressão e ansiedade também foram associada à mais acne. Enquanto novos estudos não chegam leia as Dicas para ter menos acne.

Saiba mais no curso online: Nutrição & Estética

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/

Dieta para ter menos acne

A acne é um problema dermatológico multifatorial sendo mais prevalente em épocas de maior produção ou desequilíbrio hormonal, como adolescência e até na menopausa. A dieta pode ajudar fornecendo nutrientes que atuem no reparo das estruturas celulares, que diminuam a inflamação e a produção de sebo. Algumas dicas:

- Evite alimentos fontes de gordura saturada como leite integral, manteiga, embutidos (presunto, salsicha, linguiça...), óleo de coco, bacon e carnes gordas;

- Consuma alimentos fonte de ácidos graxos (gorduras) monoinsaturados, com alto poder antiinflamatório e antioxidante. Você pode optar por abacate, azeite de oliva extravirgem, óleo de canola; - Consuma alimentos fontes de ômega-3 como salmão, sardinha, atum e óleo de linhaça; - Evite alimentos que contenham açúcar branco ou farinha refinada: bolos, doces, balas, doces, refrigerantes, sorvetes, biscoitos etc. - Prefira alimentos integrais aos refinados pois possuem um

índice glicêmico

mais baixo (portanto menos inflamatório). Ex: Arroz integral, pão integral, cereais integrais; - Consuma alimentos ricos em Vitaminas e minerais antioxidantes que neutralizam os radicais livres responsáveis pela inflamação da acne:

  • Zinco: carnes magras, ovos, lentilha, cereais integrais;
  • Selênio: Cereais e grãos integrais;
  • Vitamina C: laranja, acerola, kiwi, goiaba, mamão, salsinha, pimentão verde;
  • Carotenóides: Cenoura, abóbora, couve, espinafre;
  • Vitamina E: Semente de girassol e oleaginosas;
  • Ácido pantotênico (vitamina B5): semente de girassol, cogumelos, salmão, fígado de galinha, leite, brócolis, levedura.

- Mantenha o seu intestino saudável consumindo com menor frequência alimentos alergênicos como frutos do mar, chocolate, amendoim, castanhas, suínos e enlatados. Aumente também o consumo de frutas e verduras para pelo menos 5 porções ao dia e não esqueça-se de manter-se bem hidratado.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/