Práticas integrativas para o alívio dos gases

Bloated-Natural-RemediesSm.jpg

Você acorda com a barriga lisinha e ao final do dia está cheio de gases e com a barriga estufada? Isto é comum mas não é saudável. Felizmente, existem muitas práticas integrativas que contribuem para a eliminação dos gases.

São muitas as causas da flatulência. Por isso, o tratamento pode variar. Indigestão pode ser causada por hipocloridria (baixa produção de ácido clorídrico pelo estômago, gerando dificuldade na digestão de proteínas). A hipocloridria pode ser causada por inúmeros fatores como doenças auto-imunes, alimentação pobre em zinco e vitamina B6, consumo excessivo de gorduras e açúcares, estresse, abuso de bebidas alcoólicas e uso contínuo de medicamentos como omeprazol.

Café, chás com cafeína (como mate e preto), chocolate, consumo excessivo de gordura, refrigerantes, água com gás, laticínios e soja também podem agravar os sintomas. Tomar uma colher de sopa de óleo de abacate, gergelim ou azeite de oliva extra-virgem ou consumir um limão, 5 a 10 minutos antes do almoço ou jantar, também pode ajudar. Ao chegarem no intestino os óleos e o suco de limão estimulam a secreção pancreática, que ajudam no processo digestivo.

Outras causas para os gases incluem a mastigação rápida, o hábito de falar enquanto come, a intolerância à lactose, problemas pancreáticos, prisão de ventre, síndrome do intestino irritável, disbiose intestinal… Várias práticas integrativas ajudam a trazer alívio. Veja as dicas:

  • Trate a disbiose intestinal;

  • Mastigue devagar, apreciando sua comida (estude um pouco sobre alimentação consciente);

  • Pratique exercícios;

  • Troque os refrigerantes e a água com gás pelos chás de hortelã e gengibre;

  • Investigue a intolerância à lactose;

  • Diminua o consumo de gorduras e pratos pesados;

  • Consuma frutas que ajudem a regularizar o intestino, como laranja, ameixa, mamão, abacate, figo, kiwi.

  • Hidrate-se adequadamente. Sem água, o intestino movimenta-se menos, dando mais tempo para a fermentação dos alimentos, com produção de gases;

  • Evite alimentos e bebidas que contenham fermento como bolos, massas e cerveja.

Ayurveda e flatulência

O Ayurveda é o sistema de saúde mais antigo do mundo e tem muitas dicas e truques para aliviar o inchaço. De acordo com a medicina ayurvédica existem três tipos de inchaço, que são relacionados aos doshas (tipos mente-corpo de cada pessoa).

Os tipo Vata tendem a sofrer bastante com inchaço, gases e constipação intestinal, como resultado do excesso de ar em seus sistemas. Os Pitta sofrem mais com hiperacidez, refluxo ácido e irritação intestinal, como resultado do excesso do elemento fogo em seus sistemas. Já os kaphas tendem a sofrer de letargia, retenção de água e peso como resultado do excesso do elemento terra (compreenda melhor no curso online).

Vata é composto dos elementos ar e éter e, por isso mesmo, é normal que sofra com mais inchaço. O ayurveda sugere o consumo de água morna ou chá com cominho, 10 minutos antes das refeições, para estimular a digestão. Depois do almoço e jantar vale mastigar cerca de ½ colher de chá de sementes de erva-doce ou tomar uma xícara quente de chá de erva-doce para aliviar o acúmulo de gases.

O tipo pitta é composto dos elementos fogo e água. Não incha facilmente mas pode ficar com o intestino mais inflamado, o que pode ser aliviado com chá de camomila ou hortelã. Na comida, o açafrão é bastante indicado. Já para kaphas sofrem mais com excesso de peso. Também são mais gulosos, podendo sofrer desconfortos pelo excesso de alimento nas refeições. Para acelerar o metabolismo e a digestão podem incluir pimentas e outros condimentos picantes nas refeições. O gengibre ou seu chá também é uma ótima opção.

Outras práticas integrativas também podem contribuir para alívio dos gases. Massagens e automassagem são uma ótima pedida. Com movimentos circulares suaves, vá ajudando o intestino a movimentar-se para eliminar os gas aes. A massagem pode ser feita com óleos puros ou medicados com óleos essenciais, como hortelã-pimenta, alecrim, gengibre, anis e laranja doce.

Várias plantas podem ser utilizadas no tratamento da dispepsia (distúrbio que dificulta a digestão, principalmente de alimentos gordurosos) como alcachofra e carqueja. Vários chás ajudam a aliviar os gases, como chá de erva-doce, chá de folhas de abacateiro, chá de cardamomo. A tintura de coentro também poderá ser prescrita por um nutricionista especializado em fitoterapia.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/
Tags