Mentalidade adequada para o emagrecimento - parte 4

Helping-your-child-become-a-_normal-eater_-after-an-eating-disorder.png

Está tudo indo bem na sua dieta até que é convidado para uma festa, come e bebe mais do que pretendia e decide jogar tudo para o alto. Muita gente já passou por isso, por momentos de desmotivação com a alimentação saudável. Porém, este é o caminho da mentalidade da dieta. Um que nem sempre funciona. A alimentação faz parte da vida. É normal.

Comer normal significa ir para a mesa com fome e comer até se satisfazer. Significa ser capaz de escolher alimentos que você gosta e comer até que não esteja mais com fome. Significa ser capaz de pensar na seleção de alimentos para que todos os nutrientes necessários à saúde sejam ingeridos, sem impor restrições à vida. Também significa se dar permissão para comer, às vezes, porque se está feliz, triste ou entediado ou simplesmente porque comer é bom ou porque está em uma festa. Tudo isso é normal e faz parte da vida de todas as pessoas. Comer mais do que o programado não é o fim do mundo.

A mentalidade de tudo ou nada aumenta a culpa e faz muita gente desistir das dietas. Para alguns, falhar é até um alívio. A dieta era tão chata e estressante, que agora que falhei, posso voltar aos meus velhos hábitos, ruins, mas confortáveis. Trocar a mentalidade de tudo ou nada, do pode e do não pode é o que faz a dieta dar certo. Pessoas naturalmente magras não são perfeitas. Eles também fazem algumas escolhas não tão saudáveis e ocasionalmente exageram. A diferença é que não entram em pânico nem sabotam-se quando isso acontece.

Não pensam: “já que comi 2 chocolates, agora vou acabar com a caixa toda". Trocar o mindset, a forma de pensar significa tratar-se com gentileza dizendo: “nossa, é difícil resistir a esses chocolates, vou tirá-los de vista". Deslizes não são desculpas para desistir, são apenas mais uma parte do processo que é a vida e a busca por mais saúde e bem-estar.

Agora, os deslizes podem ser oportunidades de reflexão. Você conseguiria identificar quais circunstâncias o fizeram atacar a caixa de chocolates? Você estava chateado? Distraído? Cansado? Estressado? Entediado? Carente? O que poderia fazer diferente na próxima vez que se encontrar nessa situação? Escreva: “a próxima vez que estiver estressado(a) _____________________ (sairei para caminhar, ligarei para minha amiga, farei uma aula de yoga etc). Essa reflexão aumenta sua capacidade de lidar positivamente com as situações da vida e o aproxima de seus objetivos (emagrecer, perder gordura, equilibrar seus níveis de glicose no sangue ou outros).

Sempre existe a chance de que algo dê errado. Pode ser que acorde atrasado e não consiga preparar um café da manhã saudável. Ao invés de jogar a toalha e pensar: amanhã começo de novo, faça uma pausa, respire profundamente e trace uma estratégia para o resto do dia. Sua próxima escolha - não importa quão pequena seja - é aquela que vai levá-lo mais próximo a seus objetivos.

Amanhã continuaremos este assunto. Para não perder nenhum texto acompanhe pelo facebook.

Compartilhe e ajude este trabalho a continuar.
Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/