Benefícios de uma dieta rica em polifenóis

Polyphenol-structures.png

Em bioquímica, polifenóis são compostos caracterizados pela presença de uma ou mais hidroxilas (OH•) ligadas a um anel aromático. Dentre os polifenóis comuns na dieta estão os flavanóis (cacau, chá, maçãs, favas), flavanonas (hesperidina em frutas cítricas), hidroxicinamas (café, frutas), flavonóis (quercetina em cebola, maçã e chás) e antocianinas (bagas, como amoras e mirtilo).

Existem evidências epidemiológicas substanciais de que uma dieta com boa variedade de frutas, vegetais, cacau e bebidas ricas em polifenóis protege contra o desenvolvimento de doenças cardiovasculares e diabetes tipo 2. Os flavanóis, por exemplo, diminuem a disfunção endotelial, diminuem a pressão arterial e o colesterol e modulam o metabolismo energético. Café e chá reduzem o risco de desenvolver diabetes tipo 2, através da ação de seus polifenóis constituintes, desinflamando o corpo e os receptores celulares. Alguns outros alvos são o metabolismo do óxido nítrico, a redução da velocidade de absorção de carboidratos e o aumento da produção de enzimas antioxidantes (Williamson, 2017).

Polyphenols-control-and-reduce-inflammation-through-a-series-of-pathways-preventing.png

Um dos principais mecanismos de ação dos fitoquímicos é aumentar a expressão de proteínas antioxidantes através de um factor de transcrição chamado NRF2. Vários polifenóis também regulam a expressão de genes envolvidos na inflamação e no desenvolvimento de doenças crônicas (inclusive certos tipos de câncer), por meio da modulação de fatores de transcrição, como o Fator Nuclear kappa B (Ostan et al., 2015).

Importante lembrar que os polifenóis estão presentes exclusivamente em alimentos de origem vegetal. Existem também suplementos com polifenóis., que têm a vantagem de fornecer uma dose alta e adequadamente ativa. Porém, a suplementação não faz milagre já que os polifenóis agem com outros nutrientes que estão presentes nos alimentos e que não estão presentes nas cápsulas. Pessoas que tomam suplementos nem sempre tem uma dieta adequada e a microbiota acaba sofrendo. E, sem bactérias boas no intestino a absorção dos polifenóis cai consideravelmente. Quer ser mais saudável? Consuma pelo menos 400g de frutas e verduras ao dia e mantenha seu intestino funcionando bem.

Compartilhe e ajude este trabalho a continuar.
Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/