Declínio cognitivo na síndrome de Down acelera-se aos 40 anos

Com o passar dos anos, a memória de todo mundo começa a sofrer. Porém, o declínio é mais acelerado na síndrome de Down. Contudo, artigo publicado em 2019 mostrou que este declínio pode ser, pelo menos em parte, neutralizado por abordagens multi-sistêmicas (Franceschi et al., 2019). Até o momento, nenhuma droga foi aprovada para a redução deste declínio, mas outras abordagens incluindo treinamento cognitivo de início precoce, atividade física, nutrição adequada e assistência psicossocial mostram-se promissoras.

A nutrição pode ajudar a atenuar vários mecanismos ligados ao envelhecimento precoce e acelerado na síndrome de Down, incluindo o estresse oxidativo, o desgaste dos telômeros, a disfunção mitocondrial, a ativação de vias inflamatórias. O controle do peso e da hiperglicemia são também fundamentais. O Alzheimer é, afinal, conhecido também como Diabetes tipo 3. Neste sentido, estudos com a metformina na síndrome de Down tem sido realizados, na tentativa de desacelerar a progressão do declínio cognitivo.

Compartilhe e ajude este trabalho a continuar.
Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/