Batatas esverdeadas e com brotos - comer ou descartar?

Solanum tuberosum é o nome científico um vegetal da família das solanáceas. A planta adulta produz um tubérculo comestível, a batata-inglesa. Tomate e berinjela, apesar de bem distintos pertencem à mesma família.

green-potatoes.jpg

O tubérculo é formado a partir de caules subterrâneos modificados. É um vegetal  apreciado em todo mundo e bastante consumido mesmo durante invernos rigorosos, pois, embaixo da terra, sobrevive às geadas. A casca da batata (epiderme) contém vários pontinhos escuros, que dão origem a novos caules. Se a batata é exposta a mais calor e à luz ocorrem alterações fisiológicas que fazem o tubérculo ficar mais esverdeado e brotar. A batata fica esverdeada pois as concentrações de clorofila e solanina aumentam.

A clorofila é um pigmento de cor verde, responsável pela cor das folhas e algas. Absorve a luz durante o processo de fotossíntese. Em nosso corpo possui uma ação antioxidante, reduzindo o risco de doenças degenerativas. Já a solanina é 'uma substância química que pode causar sintomas de intoxicação quando ingerida em grandes quantidades. Náuseas, diarreia, vômito, dores de cabeça e de estômago, queimação na garganta e tonturas parecem sintomas de uma intoxicação por bactérias, mas nem sempre.

Claro, nem todos intoxicam-se pela solonina. Existem pessoas mais e menos resistentes a este glicoalcalóide. A solanina é produzida pela planta como uma defesa, principalmente contra insetos. No corpo humano pode inibir a enzima colinesterase e perturbar as membranas celulares de mitocôndrias, causando defeitos congênitos (Friedman & McDonald, 1999; Gao, Wang & Ji, 2006).

Você até poderia cozinhar a batata, após descartar a área verde e os brotos. Neste caso, a chance de intoxicação diminui, mas não deixa de existir. O melhor mesmo seria enterrar a batata que brotou no jardim do seu quintal. Assim, novas batatas nasceram. Estas você poderá consumir sem problemas (antes que brotem também). Em casa, deixe as batatas protegidas da luz, para conservação por mais tempo.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/