Uso de múltiplos remédios na Síndrome de Down (Trissomia do 21)

Pessoas com síndrome de Down podem apresentar condições clínicas múltiplas) como hipotireoidismo e outras condições autoimunes, problemas articulares, sobrepeso ou obesidade, intolerância à glicose, problemas cardíacos congênitos, apneia do sono, prisão de ventre, osteopenia/osteoporose, convulsões, baixa imunidade e doença de Alzheimer (Capone et al., 2018).

051717_testingdrugs_THUMB_LARGE.jpg

Estudo mostrou que este padrão de multimorbidade está associado ao uso de vários medicamentos simultaneamente (polifarmácia), como hormônios da tireóide, laxantes, analgésicos, hipoglicemiantes, ansiolíticos etc (Belton et al., 2018). Medicamentos possuem efeitos colaterais e fazem interações entre si, aumentando o risco de hemorragias, úlceras, perfuração no estômago.

Por isso, a prevenção de doenças e o acompanhamento multiprofissional são tão importantes. Além disso, a avaliação com um profissional que compreenda as interações entre os fármacos também é fundamental, especialmente quando são tomados 5 ou mais medicamentos ao dia. O acompanhamento possibilita otimizar o uso de medicamentos, dosagens, horários, reduzindo interações entre eles e também entre drogas e alimentos.

Debateremos mais sobre este e outros assuntos no grupo de estudos “Alimentação e Suplementação na Síndrome de Down:. As aulas começam dia 05 de janeiro. Inscreva-se:

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/