Seu corpo é mais esperto que seu médico

doctor-1015624_1920.jpg

Alguns de meus pacientes dizem: “não sinto-me bem, fui ao médico, fiz vários exames e não tenho nada". Bem, nada identificável pelo exame. Mas há algo. Talvez uma carência nutricional, talvez uma inflamação pequena, talvez sintomas relacionados ao estresse.

Outros casos são de pessoas que já tem alguma doença. Por exemplo, descobriram um problema na tireóde. Começaram a tomar o remédio prescrito, os exames normalizaram, o médico diz que está tudo bem, mas a pessoa sabe que não está em seu melhor. Que aquele não é seu normal. E o pior, muitas vezes outras doenças, até mais complexas começam a surgir (fibromialgia, síndrome da fadiga crônica, artrite reumatóide, etc).

Pois é, ninguém melhor do que você para saber se está bem ou não. Mas para tanto precisa a voltar a conectar-se com seu corpo. Correndo de um lado para o outro, sem tempo para nada não conseguirá ouvir ou valorizar o que seu corpo tem a dizer. Quantas vezes seu corpo lhe disse: “estou com sono” e mesmo assim, ao invés de dormir, você decidiu assistir a mais um episódio da sua série favorita? Quantas vezes seu corpo lhe disse: “essa comida não me cai bem” e mesmo assim você resolveu continuar comendo além da conta?

Também é importante ouvir o corpo pois ele vai mudando. Talvez você tenha prestado atenção no passado. Mudou a dieta, passou a fazer atividade física, tomou suplementos e a saúde melhorou. Mas, anos passaram-se e as estratégias antigas deixaram de funcionar. Não adianta forçar. Vamos mudando e as necessidades de nosso corpo também.

O psiquiatra suíço Carl Jung definiu a intuição como um método de percepção extraído de experiências internas ou imaginativas. Ouça a sua intuição, dê atenção aos seus pressentimentos. A ciência diz aos médicos e aos outros profissionais de saúde para não confiarem na intuição. Mas você deve confiar nela. Sente-se em silêncio, feche os olhos e observe o que seu corpo está dizendo. Preste atenção. A medicina não tem todas as respostas. Responsabilize-se pela sua saúde.

Para desenvolver sua intuição encontre um espaço tranquilo para meditar. De preferência diariamente. Anote as experiências que vai tendo. Aprenda a decifrar-se. Anote o que aprendeu com seu próprio corpo e mente a cada meditação. Responda perguntas simples: como estou sentindo-me com esta alimentação/carga de exercícios/trabalho/relacionamento/com essa vida?

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/