A relação entre a dieta e a chegada à menopausa

Estudo feito por pesquisadores da Universidade de Leeds no Reino Unido mostrou que o consumo de peixes oleosos e leguminosas (como feijão e ervilhas) relaciona-se ao atraso no aparecimento da menopausa. Já o consumo  de carboidratos simples (como excesso de massas e açúcar) acelera a menopausa (Dunneram et al., 2018). 

Claro, muitos outros fatores incluindo a genética, o peso corporal, os níveis de inflamação, a saúde dos órgãos sexuais influenciam a velocidade com a qual a mulher chega à esta etapa da vida.

As mulheres que entram na menopausa mais cedo têm risco aumentado de osteoporose e doenças cardíacas. Já as que passam por ela tardiamente parecem ter maior risco de câncer de mama, útero e ovário. Melhorar o estilo de vida é importante em todas as fases da vida mas gravei um vídeo sobre os cuidados com relação especificamente à menopausa:

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!