Medicamentos podem alterar seu humor

Tem gente que vive na farmácia comprando remédio para refluxo, dor, alergia. Cuidado com a automedicação. Todo remédio possui efeitos colaterais e alguns deles incluem tristeza, depressão e até  pensamentos suicidas!

Um estudo publicado este ano no JAMA mostrou que 37% dos entrevistados tiveram como efeito colateral a depressão.  A probabilidade de pensamentos suicidas aumenta significativamente para cada medicação tomada. Dentre os que tomavam um medicamento 8% tinham pensamentos suicidas, percentual que sobe para 12% com 2 medicamentos e para 18% com o uso de três ou mais remédios. três ou mais, de 18% (Qato, Ozenberger & Olfson, 2018)..

Quais foram os medicamentos que causaram mais depressão?

depression-drug_1.jpg

- medicamentos para refluxo ácido como omeprazol e ranitidina
- medicamentos para alergia
- medicamentos para ansiedade, como alprazolam, diazepam e lorazepam
- medicamentos para controle de natalidade e terapia hormonal
- medicamentos para controle da pressão arterial como atenolol, metoprolol, enalapril e quinapril
- analgésicos como ibuprofeno, ciclobenzaprina, hidrocodona e tramadol
- medicamentos anticonvulsivantes como topiramato 

Se estiver tomando algum dos medicamentos listados e sentindo-se mal converse com seu médico sobre uma possível mudança, outras alternativas ou mesmo suspensão da medicação até que seu humor melhore.

Procure também um psicólogo. A terapia ajudará com a reestruturação cognitiva para que os pensamentos que estejam piorando o quadro sejam modificados. Com as técnicas certas o paciente deprimido consegue avaliar melhor as situações, questionar o que está acontecendo, solucionar coisas que pareciam impossíveis. Tratando a depressão a imunidade também melhora. 

Rhodiola rosea

Rhodiola rosea

Procure também um nutricionista. Estava tomando remédio para o refluxo? A alimentação adequada pode ajudar. Estava tomando remédio para pressão alta? A alimentação adequada pode ajudar. Está ansioso? A alimentação adequada e o uso de suplementos, como griffonia simplicifolia e Withania somnifera também ajuda. Está deprimido e cansado? Um nutricionista poderá prescrever fórumulas contendo Eleutherococcus senticosus ou Rhodiola rosea para aumentar a liberação de dopamina, hormônio relacionado ao prazer. 

Por fim, pratique yoga. A prática regular alivia o estresse, melhora a aptidão física, a autoconfiança e a saúde mental (Shroff & Aasgarpour, 2017).

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/