Não abuse do boldo!

boldo_18845_l.jpg

O boldo (Peumus boldus Molina) é uma planta medicinal excelente para o tratamento da má digestão, problemas do fígado e gases.

É fonte de substâncias especiais, as catequinas e compostos fenólicos, que possuem propriedades antiinflamatórias e conferem à folha um sabor amargo. A planta também é fonte de boldina, protetora do fígado e da vesícula.  

A erva pode ser comprada em lojas de produtos naturais e em farmácias de manipulação. Para fazer o chá de boldo deve-se adicionar 20g da planta em 1 litro de água fervente. O chá pode ser tomado quente ou frio durante todo o dia.

Apesar de seus efeitos medicinais o chá não deve ser consumido durante muito tempo. Enquanto a baixa dosagem protege o fígado altas dosagens possuem o efeito contrário. A literatura médica mostra que 15 dias de macerado de boldo desencadeia hepatite por excesso de princípios ativos no fígado.

O boldo também pode ser abortivo, causar vômitos, diarreia e até problemas no sistema nervoso. Assim, é contraindicado para gestantes e mulheres que amamentam, assim como pacientes com pancreatite, hepatite, inflamação das vias biliares e cirrose.

Para mais informações consulte um nutricionista especialista em fitoterapia.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/
Tags ,