Trocas inteligentes

Um grande número de pessoas não consegue seguir dietas pois passam fome e morrem de vontade de comer mais. Por isso, o lance é aprender a comer melhor, principalmente alimentos nutritivos e que proporcionam maior saciedade.

O objetivo de uma dieta saudável é fornecer todos os nutrientes para a manutenção do corpo, reparo de danos, crescimento, desenvolvimento e prevenção de doenças. E no caso do emagrecimento isso tudo deve continuar. Desta forma, a escolha de alimentos que tenham maior conteúdo de fibra e água e menor número de calorias é importante.

Você sabia que 1 grama de gordura fornecem 9 quilocalorias, 1 grama de carboidrato ou proteína fornece 4 quilocalorias e que 1 grama de álcool fornece 7 quilocalorias? Obviamente você não deve olhar apenas para as calorias. Também precisamos de lipídios bons para a produção de substâncias antiinflamatórias e hormônios, de proteínas para o reparo muscular, para a produção de enzimas e neurotransmissores. De carboidratos bons que alimentem órgãos como cérebro, coração e rins. Mas a qualidade é muito importante.

As fibras estão no grupo dos carboidratos e quase não são digeridas. Assim, aumentam o volume sem aumentar as calorias. Ainda regulam o intestino, reduzem a absorção de carboidratos e gorduras e dão mais saciedade pois atrasam a digestão. Água , você sabe, não fornece energia e é essencial para a digestão e funcionamento de todas as células. 

Vamos aos exemplos. Um pedaço de bolo acompanhado de leite integral com café e açúcar fornece cerca de 510 kcal em um pequeno volume. Por ser pouca comida não sacia, ou seja, em pouco tempo você precisará lanchar novamente. Até porque possui uma grande quantidade de carboidratos simples, de rápida digestão, absorção e uso.

Já uma grande salada com ovo, frutas e bebida sem açúcar. Fornece muito menos energia (290 Kcal) em um grande volume e com alto conteúdo de fibras. Muito mais inteligente, pois abastece o organismo de vitaminas e minerais importantes para a redução do risco de doenças e ainda auxilia na manutenção do peso, por conter proteínas boas e garantir maior saciedade ao longo do dia.

Lembrando que, além das calorias, você deve observar se o alimento contém ou não substâncias prejudiciais à saúde, como excesso de açúcar, sal, gordura hidrogenada, cafeína, álcool, corantes e conservantes.

Veja a comparação entre alimentos ricos em carboidratos. O pão integral muitas vezes fornece as mesmas calorias do pão branco, mas é mais rico em fibras. Pão branco e cereal matinal são carboidratos simples, absorvidos rapidamente e por isto, menos saciogênicos.

Alimentos ricos em gordura podem ser mais calóricos mas não necessariamente ruins. gorduras do tipo monoinsaturadas, presentes em alimentos como azeite de oliva, abacate e castanhas fazem bem ao coração. Só não precisa abusar para não ganhar peso desnecessariamente.

Compartilhe se achou interessante.
Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar envie uma mensagem: http://andreiatorres.com/contato/
Tags