Deprimido? Coma salmão!

A depressão é uma doença caracterizada pela perda ou diminuição de interesse e prazer pela vida, gerando angústia e prostração, algumas vezes sem um motivo evidente. Hoje, a depressão é considerada a quarta principal causa de incapacitação, segundo a Organização Mundial da Saúde.

Hoje se sabe que a depressão não promove apenas uma sensação de infelicidade crônica, mas incita alterações fisiológicas, como baixas no sistema imune, aumento de processos inflamatórios, acúmulo de gordura abdominal, maior risco de doenças cardiovasculares.

1382545141944.jpg

A dieta pode contribuir para o tratamento. Por exemplo, para pesquisadores da Universidade de Pittsburgh, indivíduos com menores concentrações sanguíneas de ácidos graxos ômega-3 tendem a ser mais pessimistas e impulsivas.

No Brasil, o consumo de ômega-3 é baixíssimo. Peixes de águas frias e profundas, como o salmão, a sardinha e o atum, são ricos no ômega-3 por isso é sugerido que sejam consumidos pelo menos 2 a 3 vezes por semana. Se você é vegetariano, lance mão do óleo de linhaça, também rico neste ácido graxo.

Dra. Andreia Torres é Nutricionista, especialista em nutrição clínica, esportiva e funcional, mestre em nutrição humana, doutora em psicologia clínica e cultura, pós-doutora em saúde coletiva. Também possui formações no Brasil e nos Estados Unidos em Coaching e Yoga. Para contratar clique na aba consultoria no topo da página. Obrigada por visitar esta página!